Nada tema, pois Deus existe e nos sonda a cada instante... Ele está aqui.
VIVEMOS NUM MUNDO DE INJUSTIÇA... DEUS É NOSSO REFÚGIO SEMPRE.

Últimos comentários

Lepo lepo

13/03/2014 @ 23:28:56
por Robson


Belo blog

05/01/2014 @ 22:57:25
por Roberto


Assunto Opinado. Agradeço a visita e ...

07/08/2012 @ 06:40:24
por Winston


Na Av. Moacir Paletta proximo ao ...

20/02/2011 @ 21:37:20
por Fabricio


Caríssimo seu comentário foi editado, por ...

23/01/2010 @ 19:51:57
por Lino Armond.


Olá Winston,

Obrigado pela visita ...

09/01/2010 @ 12:08:57
por ED


Sinceramente é lamentável ter que admitir ...

07/01/2010 @ 04:48:37
por Ellen Rodrigues


Krangola Vai de mal a Pior, ...

27/07/2009 @ 19:56:50
por LyNNe


Q vergonha para os carangolenses... essa ...

03/06/2009 @ 18:29:47
por Danyelle


Parabens Wiston por este Post, vc ...

31/03/2009 @ 15:09:32
por Fabbio Nogueria


E VC ESTÁ FAZENDO O QUE ...

16/01/2009 @ 06:29:04
por PAULO


Câncer de Próstata:
O Ministério da ...

09/01/2009 @ 04:25:25
por Hérica Pereira


Correçaõ Anexado!!!!

17/12/2008 @ 02:32:49
por Afonso


Bom dia,sr,winston!!parabéns pelas noticias existentes neste ...

16/12/2008 @ 05:01:15
por Afonso


Boa noite! São 19:32hs, quando liguei ...

06/12/2008 @ 21:55:14
por Elen??ou Glória???escolhe meu nome ok?


Em setembro, fluente ano, fiz acordo ...

20/10/2008 @ 00:07:37
por LIZETE


Foi na verdade uma fatalidade, porém, ...

08/10/2008 @ 20:51:45
por Adriana


Olá, Winston Sales, sou do Portal ...

02/10/2008 @ 14:47:42
por Agustinho Valentin


Olá, Winston Sales, sou do Portal ...

02/10/2008 @ 14:41:04
por Agustinho Valentin


Ótima matéria!
Próximo mandadato será o ...

27/09/2008 @ 01:11:19
por Marilia Klein


Calendário

Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
 << < > >>
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Quem está conectado?

Membro: 0
Visitantes: 2

Palavras-chaves (TAGs)

Não há tags neste Blogs

Anúncio

Escolha um tema



Links

    31 Jul 2013 - 23:34:16

    LIXO NO ESPACIAL É MOTIVO DE PREOCUPAÇÃO PARA CIENTISTAS

    Cientistas propõem faxina espacial com "satélite gari"

    09/08/2011 - R7.

    Deduz-se que a órbita da terra esteja congestionada com milhares de detritos (lixo espacial), proveniente de fragmentos de foguetes e outros detritos.

    Diante de tal situação, alguns cientistas discutem meios para que se possa fazer uma faxina espacial, afim de reduzir um pouco a poluição que atualmente é motivo de preocupação. Tanto lixo espacial e com os que a cada dia surgem, para o futuro pode ficar mais perigoso o lançamento de naves, o que pode aumentar o risco de algum desses resíduos chocar-se com a nave e causar acidentes.

    Vejam a o resto da matéria:

    A ideia envolve o lançamento de um satélite que se acoplaria aos objetos - fragmentos de foguetes usados e outros detritos - e os equiparia com um motor propulsor. O motor levaria o objeto em direção à atmosfera da Terra, onde ele se desintegraria.

    Os autores dizem que o esquema, descrito em artigo publicado na revista científica Acta Astronautica, poderia remover, de forma relativamente barata, entre cinco e dez objetos do espaço por ano.

    O problema é sério e pode se agravar. Mais de 17 mil objetos com tamanho acima de 10 cm orbitam a Terra hoje.
    Os maiores entre eles podem, ao se chocar com outros objetos, se desintegrar, gerando milhares de detritos menores.
    Marco Castronuovo, pesquisador da Agência Espacial Italiana, um dos autores da proposta, diz que “o problema é um grande desafio e é urgente”.
    – O momento de agir é agora. Com a passagem do tempo, teremos de remover mais e mais.
    Em 2007, a China apresentou ao mundo um sistema antissatélite criado para destruir satélites desativados. Para demonstrar o funcionamento da tecnologia, os chineses destruíram um de seus próprios satélites. A operação produziu, no entanto, outros dois mil fragmentos.
    O que os cientistas temem é uma espécie de reação em cadeia, a chamada Síndrome de Kessler (batizada assim em referência ao cientista da Nasa que descreveu o fenômeno pela primeira vez, em 1978).
    Como parte do fenômeno, fragmentos se chocam com outros fragmentos que, por sua vez, se chocam com mais detritos, gerando uma nuvem de objetos que tornaria inúteis grandes porções da órbita da Terra.
    Os detritos representam um risco não apenas para outros satélites, mas também para a ISS (Estação Espacial Internacional) e missões espaciais tripuladas.
    Política Espacial
    O estudo de Castronuovo identificou mais de 60 objetos em órbita a cerca de 850 km de distância da Terra, dois terços deles pesam mais de 3 toneladas cada um e muitos se movem a uma velocidade aproximada de 7,5 km por segundo.
    Entre os objetos maiores, a grande maioria é composta de pedaços de foguetes usados. Segundo Castronuovo, é por eles que a faxina deveria começar.
    O cientista diz que isso “é difícil do ponto de vista político”.
    – Muitos desses objetos pertencem a nações que não querem cooperar ou não permitem acesso a seus objetos, mesmo que estejam no fim de sua vida operacional. E não existe um regulamento internacional sobre quem deveria remover os objetos que são deixados no espaço. Se começarmos a nos concentrar nos fragmentos de foguetes usados - que não contêm equipamento confidencial a bordo - não seria problema para o proprietário dar permissão para sua remoção.
    Castronuovo propõe um esquema no qual pequenos satélites são lançados em missões de sete anos. Cada um é equipado com dois braços robóticos.
    Um braço intercepta um pedaço de foguete ou satélite desativado ou quebrado e o segura. Outro fixa no objeto um motor propulsor que levará o fragmento para fora da órbita.
    Completada a operação, o satélite liberaria o fragmento, seguindo em direção ao próximo.
    Repercussão
    Fazendo uma avaliação sobre a proposta de Castronuovo e sua equipe, Stuart Eves, engenheiro da empresa de tecnologia de satélites inglesa Surrey Satelite Technology, diz que “as operações e as manobras de proximidade não são fáceis, mas a tecnologia está chegando lá”
    – As pessoas chegam com todo tipo de ideia absurda, que não passam de ficção científica no momento. Uma coisa como essa é bem mais prática.
    Entretanto, o grande problema pode ser político. Propostas desse tipo nunca são vistas como puramente motivadas pela necessidade de retirar o lixo do espaço, explicou Castronuovo.
    – Esse tipo de abordagem poderia ser visto como uma ameaça a sistemas operacionais. Se você tem o poder de ir a um objeto no espaço e derrubá-lo, nada impede você de derrubar um satélite em funcionamento, então essa questão é realmente delicada.

    Mais de 17 mil objetos com tamanho acima de 10 cm orbitam a Terra hoje.



    Winston · 639 vistos · 1 comentário
    Categorias: Política

    Link permanente para o artigo completo

    http://carangolanoticias.criarumblog.com/Primeiro-blog-b1/LIXO-NO-ESPACIAL-E-MOTIVO-DE-PREOCUPACAO-PARA-CIENTISTAS-b1-p89.htm

    Comentários


    Deixe um comentário

    Os comentários para este artigo estão encerrados.